Revirar-se na Cama

Um Maravilhoso Fim de Semana!!!
Beijos
Rodrigo de Oliveira

“O conformismo é carcereiro da liberdade e inimigo do crescimento”
Jonh Kennedy

Revirar-se na cama | Luiz Carlos Prates
Você está empregado? E deita e dorme tranquilo todas às noites? Que beleza.

Muita gente suspira por essa segurança, por essa tranquilidade, muita gente. Há quem esteja em vigília, tremendo da cabeça aos sapatos diante da hipótese de perder o emprego.

Tenho andado por empresas de todo tamanho e em todas a mesma preocupação de parte dos executivos, dos patrões. O pessoal das direções das empresas anda nervoso e investindo pesado na motivação dos funcionários, e é isso o que acho estranho e até dramático. Quem devia estar mais tranquilo está agitado, quem devia andar perdendo o sono diante da possibilidade da demissão, nem aí. Ou pelo menos essa é a ideia que passam.

Preocupo-me é com os empregados que temem pelo emprego, pessoas sérias, com responsabilidade de família, com filhos em crescimento, pessoas, enfim, que ficam longe da indiferença de outros tantos. Quem quiser preservar a sua vaga na empresa precisa se dar conta de que vai longe o tempo em que o sujeito saía de uma empresa e logo achava outra para trabalhar. Não raro, até ganhando mais. Esse tempo ficou para trás.

Hoje está muito difícil arrumar emprego e de muito pouco, bah, de quase nada, servem os diplominhas que andam sendo exibidos por aí. E vale o que digo até mesmo para as pós-graduações, que viraram moda e “comércio” em razão da precariedade dos cursos de graduação. Vou repetir aqui o que mais me pedem nas palestras que faço, os mais imediatos e seguros procedimentos para que o funcionário corra “menos” riscos de ser demitido pela crise. Ser pontual é indispensável. Vestir-se adequadamente. Cada empresa tem um jeito de ser e tolerar a “moda” dos funcionários, mas não erra quem se veste com mais aprumo. E todos os motivados sabem o que isso significa.

Cumprir devidamente as funções é a essência do contrato de trabalho, sem corpo mole, sem muitos cafezinhos, sem muitos risinhos fora de hora. Ser leal à empresa, não tê-la como inimiga. Querer aprender mais para fazer mais e melhor, caminho mais curto para as admirações e até promoções, nunca se sabe. Ser cortês, educado com todos. Controlar a língua, não falar mal dos ausentes nem criar caso com os presentes.

Coisas mínimas, todos as conhecem, por que então não agem de acordo com a ética e a correção cobrada de outras pessoas? O emprego não é apenas um local onde se faz “alguma coisa” e se recebe o salário no fim do mês. O emprego é a maior referência social de quem é responsável. Esses deitam e dormem. Os outros, ah, os outros se viram na cama.

Anúncios

1 comentário

  1. Oi! Obrigada pelo comentário, ando me sentindo péssima… quero mesmo ir nos ensaios dos Jovens, mas sempre dá algo errado :/ Mas eu vou sim! Um ótimo final de semana, gostei do post O.O

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s